Dourados realiza 2 mil atendimentos para imigrantes

Evento aconteceu neste domingo e ofertou diversos serviços sociais, de saúde e orientações

Redação com Prefeitura de Dourados


‘Bienvenidos’ é um plano de ação destinado ao atendimento socioassistencial de pessoas migrantes ou refugiadas da Venezuela (Foto: Mayara Freire/Prefeitura de Dourados)

A Prefeitura de Dourados, através da CEI (Coordenadoria Especial da Imigração), realizou neste domingo (25) a primeira edição do projeto ‘Imigra Ação’. Voltado para imigrantes, o evento atendeu 2 mil pessoas no Complexo Esportivo Jorge Antônio Salomão, o “Jorjão'.

Foram ofertados serviços de saúde, assistência social, entrevistas de emprego, orientações entre outros voltados para os imigrantes residentes em Dourados. “Podemos com toda certeza dizer que foi um sucesso. Dourados é referência no atendimento a imigrantes e a CEI está aqui para auxiliar e garantir os direitos desse público', coordenador da CEI, Jean Kenson Joln.

Ainda na comemoração do Dia do Imigrante, a secretária de assistência social, Daniela Hall, lançou o ‘Bienvenidos’, um plano de ação destinado ao atendimento socioassistencial de pessoas migrantes ou refugiadas da Venezuela. Com equipes localizadas nos territórios do CRAS Jóquei Clube, CRAS Guaicurus, CRAS Canaã I, CRAS Parque do Lago, CRAS Cachoeirinha, Casa da Acolhida e Núcleo do Projeto, irá ofertar os seguintes serviços:

-Regularização de documentos; -Atendimento técnico com Psicóloga e Assistente Social; -Acompanhamento familiar e oficinas com diversas temáticas; -Acolhimento Institucional em abrigo (Casa da Acolhida) ou hospedagem em hotel, em caso de famílias de passagem ou em situação de rua; -Integração Sociocultural; -Cidade para todos! -Cursos de qualificação profissional e; -Acesso ao mercado de trabalho.

“Esse projeto vai contemplar várias equipes de trabalho socioassistenciais, destinados aos imigrantes venezuelanos, que hoje é nossa maior comunidade. Sabemos que durante a migração e relocalização num novo país, o imigrante passa por inúmeras dificuldades, são adaptações, acesso a serviços, documentação, e nosso papel é fundamental para ajudar nesse processo, para que ele reconstrua sua vida', pontuou a secretária.

De acordo com o coordenador da CEI, Jean Kenson Jolne, muitos dos imigrantes residentes em Dourados não possuem informações sobre seus direitos ou os serviços oferecidos na cidade, o que reforça a importância de iniciativas como a do Imigra Ação.

Atualmente, mais de quatro mil imigrantes vivem em Dourados, com destaque para os venezuelanos, haitianos e paraguaios. Mas cidadãos de outras nações como Argentina, Colômbia, Marrocos e Senegal também estão cadastrados no órgão.

O escritório da Coordenadoria Especial dos Imigrantes está na rua João Rosa Góes, 395, antigo prédio da Prefeitura de Dourados, no Centro da cidade. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30. O contato pode ser realizado também através do e-mail: [email protected] ou o telefone (67) 99855-4442.