Novo marco: MS ultrapassa 100 mil crianças de 5 a 11 anos vacinadas contra a Covid-19

GOVMS / Paulo Massaharu Yafusso


Mato Grosso do Sul, que ao longo da pandemia foi destaque por figurar nas primeiras posições de vacinação contra a Covid-19, atingiu, na tarde desta segunda-feira (21), um novo marco no combate à doença: mais de 100 mil crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose do imunizante. A conquista é resultado de um intenso trabalho de mobilização feito pelas secretarias estaduais de Saúde (SES) e Educação (SED), em parceria com os municípios.

Por meio da campanha 'Estudante Inteligente Confia na Ciência – Vacine-se!' aconteceu, nesta segunda-feira (21), o segundo Dia “D' de vacinação, que contou com 82 pontos de vacinação em todo o Estado, beneficiando alunos das redes pública e privada de ensino.

O número exibido pelo painel “E-Vacine' às 17h40 desta segunda-feira trouxe o número de 101.727 crianças de 5 a 11 anos vacinadas com a primeira dose, o que perfaz um terço, ou seja, 33,79% da população estimada para esta faixa etária em Mato Grosso do Sul, que é de 301.026 pessoas.

O secretário estadual de Saúde Geraldo Resende comemora: “o número alcançado hoje é um marco, mas precisamos continuar esse processo de imunização, porque faltam, ainda cerca de 200 mil crianças de 5 a 11 anos para serem vacinadas. Precisamos atingir 100% desse público-alvo e por isso volto a apelar para que os adultos não deixem de dar essa prova de amor aos seus pequenos, levando-os para tomarem a vacina contra a Covid-19'.

“Tivemos uma resposta positiva na primeira campanha de vacinação infantil, no último Dia D que ocorreu em 11 de fevereiro em parceria com as secretarias municipais de Educação e Saúde. Na oportunidade, foram vacinadas 7.855 crianças em um único dia – um recorde até aquela data. Amanhã (terça-feira) teremos os levantamentos para podermos trazer mais detalhes à população, mas acredito que os pais e responsáveis entenderam que vacinar é uma oportunidade para defender a saúde e a vida das crianças', conclui Geraldo Resende.

A secretária de Estado de Educação, Cecilia Motta, destaca a importância e a abrangência do dia D. “Neste dia 21 de fevereiro tivemos a culminância da imunização nos nossos estudantes, não só da rede estadual, mas também das redes municipais e escolas privadas. Felizmente, a população está confiando na ciência e buscando a vacinação. Assim, teremos um retorno seguro às aulas neste ano'.

O assessor militar na SES, Coronel Marcello Fraiha, que coordena a campanha de vacinação, destaca que a vacinação infantil tem um papel fundamental para a sociedade, uma vez, que esclarece aos pais ou responsáveis, todas as dúvidas em relação a vacinação. “Todas as vacinas são seguras, os pais ou responsáveis não precisam ficar com receio de vacinarem suas crianças. Pelo contrário, devem protegê-las de doenças, por meio desse instrumento que a ciência coloca à nossa disposição'.

Ricardo Minella, SES

Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo