Inmet alerta Dourados e região por causa do tempo seco

Aviso meteorológico com início às 11h30 e fim às 19h aponta entre os riscos potenciais umidade relativa do ar variando entre 20% e 12%

André Bento


Umidade relativa do ar pode ficar entre 20% e 12% em Dourados e região(Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo/Governo MS)

Aviso meteorológico emitido pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) aponta perigo decorrente do clima seco em praticamente todo o Estado de Mato Grosso do Sul neste domingo (6), incluindo Dourados e municípios da região.

Com início às 11h30 e fim às 19h, aponta entre os riscos potenciais umidade relativa do ar variando entre 20% e 12%, o que favorece risco de incêndios florestais e à saúde, com ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

Por isso, o aviso meteorológico também aponta instruções para que as pessoas residentes nessa região bebam bastante líquido evitem exposição ao sol nas horas mais quentes do dia e usem hidratante para pele e umidifique o ambiente. Atividades físicas não são recomendadas.

De acordo com a Embrapa Agropecuária Oeste, a estação agrometeorológica instalada na sede, região sul de Dourados, não registra chuva expressiva há 24 dias, desde 13 de julho.

No sábado (5), a umidade relativa do ar teve máxima de 77% às 6h23 e mínima de 22% às 15h08.

Desde 31 de julho, o Guia Clima da Embrapa Agropecuária Oeste emitiu alerta por baixa umidade relativa do ar todos dos dias.

“Níveis baixos de umidade relativa do ar indicam que há uma pequena quantidade de água, em forma de vapor na atmosfera. Quando isso ocorre, são comuns os problemas respiratórios”, detalha o site, que utiliza o critério da Organização Mundial da Saúde (OMS) para avaliar os riscos à saúde humana devido a baixos índices de umidade do ar.

Com isso, é detalhado que índices superiores a 30% não representam riscos, mas de 30% a 20% é alertado Estado de Atenção, de 20% a 12% Estado de Alerta e menor que 12% Estado de Emergência.