Mato Grosso do Sul fecha o Brasileiro de Kickboxing com 58 medalhas

Assessoria/Fundesporte


Foto: Divulgação/FKBMS

A delegação de Mato Grosso do Sul fechou a 32ª edição do Campeonato Brasileiro Adulto de Kickboxing com 58 medalhas conquistadas, sendo 18 de ouro, 21 de prata e 19 de bronze. A competição foi realizada em Curitiba (PR) no último fim de semana. Para participar do evento, a equipe sul-mato-grossense teve apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, por intermédio de Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania).

Representaram o Estado 108 atletas e 12 técnicos, de 14 municípios: Água Clara, Anaurilândia, Bataguassu, Caarapó, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Itaporã, Ladário, Maracaju, Paranhos, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia e Terenos. Além disso, quatro árbitros atuaram na competição.

Os 58 pódios asseguraram Mato Grosso do Sul na sexta colocação geral entre as unidades federativas. De acordo com a FKBMS (Federação de Kickboxing de Mato Grosso do Sul), esta é a melhor colocação até hoje. Em 2021, o Estado terminou em oitavo lugar.

Rumo ao Mundial

Um dos destaques na capital paranaense foi Anderson Ramos da Mota. Representando a academia Nova Era Top Team, o lutador sul-mato-grossense de 37 anos alcançou dois ouros e uma prata, respectivamente nos estilos point fighting, light contact e kick light, pela categoria até 89 kg, na faixa preta.

O atleta foi convocado pela CBKB (Confederação Brasileira de Kickboxing) para competir no Campeonato Mundial Wako Sênior. O evento internacional está marcado para acontecer entre 16 e 17 de novembro, em Albufeira, Portugal. Anderson carrega no currículo o título pan-americano pela seleção brasileira e lidera os rankings estadual e nacional de sua categoria, além de ser o sétimo a nível mundial.